SERVIÇOS
Orçamentos Grátis
7 dicas para criar newsletters de sucesso!

7 dicas para criar newsletters de sucesso!

Criar newsletters é uma ótima maneira de se envolver com o seu público e mantê-lo informado sobre o seu negócio – são pessoais, direcionadas e consistentes.

 

criar newsletters

 

Não é preciso ser uma grande marca para tirar partido desta ferramenta. Pequenas empresas, como são a maioria aqui nos Açores, podem e devem usar email marketing para comunicar com o seu público. O potencial é enorme e o investimento é muito baixo.

No entanto, para dominar o seu verdadeiro potencial é preciso entender a “psicologia” que está por de trás. Conseguir que as pessoas reparem no seu email, abram a sua newsletter, cliquem no conteúdo e que cliquem em responder, tem muito que se lhe diga!

Aqui tem 7 dicas e estratégias que deve usar quando criar newsletters:

 

1. DAR UMA FORTE RAZÃO PARA SUBSCREVER À SUA NEWSLETTER

O primeiro passo, antes de criar newsletters de sucesso, é claro criar uma lista de emails de subscritores. A melhor forma de fazê-lo é dar às pessoas uma boa razão para subscreverem.

Como podemos fazer isso? Oferecendo valor. É preciso dar um forte incentivo para que a pessoa se inscreva na newsletter. “Subscreva a nossa newsletter para novidades, dicas e sugestões” este não é um bom incentivo. A não ser que a pessoa esteja de facto muito interessada em saber informações sobre determinada área de negócio, isto não vai cativar a maioria das pessoas.

É preciso oferecer um incentivo maior. “Subscreva a nossa newsletter e receba 25% de desconto em qualquer um dos nossos serviços” neste exemplo as pessoas conseguem ver claramente valor.

Além de descontos monetários, pense noutras maneiras pelas quais a sua empresa pode agregar valor aos assinantes. Pode oferecer seminários online gratuitos ou o download de e-books, para qualquer pessoa que se inscrever na newsletter.

 

newsletters template

2. ESCOLHER UM OBJETIVO E MANTÊ-LO

O que deseja que a sua newsletter alcance?

Essa deve ser a primeira pergunta que deve fazer antes de começar a escrever. Estes são alguns dos objetivos mais comuns: aumentar vendas, promover um serviço ou produto, levar pessoas para um site ou landing page e aumentar a presença nas redes sociais.

É também importante saber quem são seus leitores para que saiba para quem está a escrever. Saiba o que interessa ao seu público, em quais setores trabalham e quais tópicos são importantes para eles, para que assim possa escrever conteúdo relevante.

 

3. O CONTEÚDO DEVE SER 90% EDUCACIONAL E 10% PROMOCIONAL

A verdade é que os seus subscritores, quase 100% das vezes, não querem ouvir falar nos produtos ou serviços que você tem para vender. Por mais que eles gostem da sua marca, ninguém gosta de estar constantemente a receber emails de vendas.

Sempre que criar newsletters, tenha em mente que deve oferecer conteúdo de valor, como pequenas dicas, tutoriais, curiosidades, esclareça dúvidas recorrentes, são muitas as possibilidades.

 

4. DEVE SER SIMPLES, DIRETA E CHAMATIVA

Estamos sempre muito ocupados e passamos cada vez menos tempo a ler emails. Para muitos, faz parte da rotina matinal ver a caixa de emails. No entanto, a manhã é aquela altura do dia em que estamos sempre com pressa, por isso a leitura é apressada.

Assim, como a sua audiência passará muito pouco tempo a ler um email, precisa de perceber o objetivo da newsletter assim que a abre – mantenha o conteúdo simples e direto ao assunto. Arranjar um título criativo e chamativo é uma boa forma de captar imediatamente a atenção do público.

 

newsletters

 

5. OFERECER CONTEÚDO ÚNICO

As suas newsletters são apenas o resumo daquilo que publica nas redes sociais, no blog ou no website? Se sim, não faça isso! Quem subscreveu à sua newsletter deve receber conteúdo único e exclusivo, que não é partilhado em mais nenhum dos seus meios de comunicação.

A sua audiência deve perceber claramente a vantagem de fazer parte da sua lista de emails: receber conteúdo ÚNICO. Claro que, de vez em quando, poderá e deverá partilhar os últimos artigos que saíram no blog e novidades do website.

 

6. DEVE SER CONSISTENTE

É essencial ser consistente no envio das suas newsletters, ou seja, defina com que frequência irá enviá-las (semanal, de 2 em 2 semanas, mensal) e em que dias específicos será esse envio. Assim, o seu conteúdo já é esperado por aqueles que o recebem.

No entanto, tenha atenção aos excessos, tanto para mais como para menos, pois podem ser prejudiciais. Criar newsletters e enviá-las diariamente, pode ser cansativo para quem as recebe. Já para aquelas marcas que passam muito tempo sem enviar, o perigo é serem esquecidas.

 

como criar newsletters

7. USAR O SEU NOME

Atualmente, somos bombardeados por dezenas de emails de publicidade por dia. Assim, se a sua newsletter estiver com o nome da marca/empresa, pode ser que seja vista como mais uma entre tantas e acabe no lixo.

Portanto, uma forma de se distinguir das demais, seria humanizar mais a comunicação com os leitores. A grande maioria está mais disposta a abrir algo de uma pessoa “real”. Comunicar de pessoa para pessoa cria uma maior autenticidade e proximidade com o público e, por consequência, uma maior taxa de abertura dos emails. Por isso, envie sempre as suas newsletters em seu nome ou de um colaborador, em vez do email geral da sua empresa.

 

O email marketing, quando bem feito, é um sucesso. Gera notoriedade. Converte. Vende. Todo o negócio deveria apostar nesta ferramenta de comunicação, porque é realmente eficaz.

 

E você, costuma criar newsletters?

 

Se ainda não faz uso do email marketing, ou se já faz, mas não está a ter os resultados que esperava, entre em contato connosco.

Email: geral@acorespro.com
Tel.: 296 684 900 / 916 636 504
Messenger: m.me/AcoresPRO

Postado por: Cátia Soares