SERVIÇOS
Orçamentos Grátis
Adicionar dados da empresa à conta de anúncios

Adicionar dados da empresa à conta de anúncios

Nem todas as pessoas que fazem anúncios saberão, mas é possível que os gastos efetuados em anúncios tanto no Facebook como no Instagram sejam apresentados como despesas da empresa.

Como a cobrança é feita a partir da Irlanda, as faturas não apresentam IVA, no entanto isto não consiste qualquer problema à contabilidade.

 

A questão é: Como posso fazer isso?

 

Em primeiro lugar, aceda ao link:

https://business.facebook.com/adsmanager/

Irá visualizar um painel semelhante ao da imagem abaixo.

Clique no menu do lado esquerdo, identificado na imagem, e seguidamente em “Definições da conta de anúncios“.

 

Agora irá se deparar com o seguinte painel:

Preencha todos os dados correspondentes à sua empresa.
»Nome
»Morada
»País
»Contribuinte

Tome atenção para definir duas coisas à partida que são muito importantes:

»Fuso horário

»Moeda de pagamento

Se não for corretamente definidas irá ter muitos problemas para depois alterar. Na maioria dos casos, impossível requerer esta alteração.
Isto irá fazer diferença tanto no horário dos seus anúncios assim como a moeda em que a plataforma faz a cobrança.

Finalmente para aceder a todas as faturas já emitidas, faça-o através do link:

https://business.facebook.com/ads/manager/billing/transactions/

Nesta secção pode verificar todas as faturas já emitidas e fazer o download das mesmas para enviar para a sua contabilidade.

Tem a opção de ver todas as faturas num intervalo de tempo assim como fazer download de todas as faturas de forma individual ou o resumo de todos os gastos numa única fatura.

A partir de agora sempre que baixar uma fatura, os dados da sua empresa estarão no rodapé da mesma confirmando assim os seus gastos.

 

Apesar de todas estas informações, continua com alguma dificuldade?

Entre em contato conosco e teremos todo o gosto em lhe ajudar.

Email: geral@acorespro.com
Tel.: 296 684 900/916 636 504
Messenger: m.me/AcoresPRO

Postado por: Duarte Rego