SERVIÇOS
Orçamentos Grátis
Emails que acabam no SPAM? Saiba como evitá-los!

Emails que acabam no SPAM? Saiba como evitá-los!

Já lhe aconteceu escrever um email que acabou diretamente no lixo eletrónico ou SPAM da pessoa que era suposto receber? Ao longo deste artigo, falaremos sobre os motivos por que um email poderá ser considerado SPAM e como evitar que isso aconteça. Se tem uma estratégia de email marketing, este é dos aspetos que tem de ter em atenção! Caso contrário, todo o seu tempo e investimento será em vão.

 

 

Primeiro, é importante desmistificar a origem desta sigla SPAM: Sending and Posting Advertisement in Mass. Isto quer dizer que o envio automático de emails em massa pode envolver ações de fraude. Mensagens com um cariz comercial têm de ser elaboradas com muito cuidado para evitar ser considerado SPAM.

 

Não existem fórmulas mágicas. No entanto, plataformas de email marketing como o Mailchimp, Egoi ou Mailrelay podem ajudar-lhe a tornar o seu email mais profissional, pois têm em conta diversos fatores que vão sendo sugeridos.

 

Vejamos então algumas boas práticas que têm de ser levadas em conta:

 

1. Tenha atenção à escolha do assunto do email

Evite palavras como “gratuito”, “teste”, “parabéns”, “mega oferta” e “última hipótese”. Os conteúdos são analisados pelos algoritmos dos serviços de webmail que filtram tudo o que é escrito por si. Estas palavras são, na sua maioria, utilizadas por spammers e, quando escritas num email, são automaticamente quase sempre garantidas como sendo SPAM.

Procure escrever mensagens mais personalizadas.

Além disso, evite também outras táticas, como:

– Escrever tudo em maiúsculo;

– Utilizar muitos pontos de exclamação de seguida;

– Abusar do uso de emojis.

Se vamos ter uma troca de email business-to-business, é muito importante que o assunto seja o mais adequado possível. Não estamos a trocar mensagens com amigos, portanto os serviços de webmail prestam muita atenção a todos esses gatilhos.

 

2. Envie emails somente para pessoas que autorizam

É importante descobrir quais são os conteúdos mais relevantes para estas pessoas. Criar mensagens diferenciadora ajuda a aumentar a taxa de clique do email.

Serviços de webmail como o Gmail, Yahoo e Outlook vão começar a determinar que os conteúdos criados por si são lixo eletrónico, pois não geram interesse nos destinatários. Desta forma, enviar emails somente para as pessoas que autorizam garante que os seus conteúdos sejam abertos e lidos pelos seus destinatários.

 

3. Nunca se esqueça de assinar o seu email

Uma assinatura personalizada oferece mais credibilidade para si e para a sua empresa. Ou seja, torna a comunicação mais pessoal, credível e honesta para quem recebe os seus emails.

Certifique-se também de que o endereço eletrónico de onde está a enviar corresponde ao remetente e a todas as informações de autenticação. Todos os pormenores contam no que toca a garantir a credibilidade da sua empresa.

 

4. Inclua um botão de “unsubscribe” em cada email

Uma coisa que nunca deve ser esquecida é que todos os detalhes contam. Talvez não tenha conhecimento deste pequeno pormenor, mas incluir um botão de “unsubscribe”, ou qualquer outro que indique o cancelamento da subscrição de envio de emails, oferece uma certa autoridade à empresa que os envia. Isto quer dizer que, por vezes, queremos receber emails de uma empresa até um determinado tempo.

Incomoda os destinatários quando, diariamente, recebem emails que já não lhes suscita interesse. Um botão no fim de cada email é importante para que os remetentes possam, com confiança e sem grandes problemas, cancelar a subscrição.

 

email marketing

 

5. Defina uma frequência de envio

É muito importante programar o envio dos seus emails. Comece por agendar o envio para horários em que as pessoas, normalmente, consultam a sua conta de email, como, por exemplo, de manhã. Ninguém gosta de estar constantemente a receber emails em alturas inconvenientes. Ao enviar um email durante o horário de trabalho das pessoas, é provável que seja ignorado e esquecido.

Para além disso, é importante ser consistente e enviar os seus emails com a mesma frequência, ou seja, todas as segundas-feiras ou no primeiro dia de cada mês. No entanto, tenha atenção que é preciso existir um equilíbrio: não envie emails ao ponto de aborrecer as pessoas, mas também não passe meses sem enviar, correndo o risco de ser esquecido.

 

6. O design do email tem de respeitar determinados critérios

Estas três dicas são muito importantes para manter o equilíbrio visual na composição do seu email:

– Mantenha um balanço entre o texto e as imagens;

– Evite enviar emails só com imagens;

– Evite enviar emails com muito texto;

– Utilize um alt text em cada imagem.

O corpo do email está, essencialmente, preparado para texto. Por isso, um email com pouco texto e muita imagem, ou anexos, pode sair prejudicado, acabando diretamente no lixo eletrónico ou SPAM.

 

7. Design de email tem de ser responsivo

Já imaginou o que seria enviar um email e este chegar completamente desformatado ao remetente? Pois é, ninguém gosta de receber um email e ter dificuldade em lê-lo. Portanto, tendo em conta que a maioria dos emails são abertos através dos dispositivos móveis, é importante garantir que o design é responsivo, ou seja, que se adapta a qualquer dispositivo.

 

8. Use Mail Tester para detetar possíveis problemas

Esta ferramenta gratuita ajudá-lo-á a detetar problemas técnicos dentro do email que está prestes a enviar. É muito simples e poderá evitar que o seu email acabe na caixa de Spam do seu destinatário.

Realize as etapas que o site pede. Depois, o Mail Tester fornecerá uma pontuação em conjunto com algumas sugestões sobre como melhorar o conteúdo do seu email. Se a sua pontuação for muito baixa, convém melhorar o email, de modo a prevenir que este seja enviado diretamente para o lixo eletrónico.

 

9. Consiga um Endereço de Protocolo de Internet (IP) confiável

Construir uma boa reputação é muito importante para manter a qualidade do seu IP. Os serviços de webmail também prestam atenção a esta reputação!

Procure ganhar mais credibilidade antes de enviar muitos emails. Depois, poderá observar que a qualidade do seu IP está, sem dúvida, melhor. Utilize o Sender Score para identificar a integridade do seu programa de email.

 

Concluindo, tudo o que foi dito acaba por se tornar num círculo vicioso: se o seu email for personalizado, com todos os detalhes e conteúdos adequados para quem o recebe, haverá uma maior taxa de abertura. Esta taxa será o ponto de partida para que os filtros dos serviços de webmail percebam que a sua mensagem é verdadeiramente importante para o remetente.

Nunca se esqueça que o email marketing é uma ferramenta que oferece uma taxa de retorno sobre investimento muito boa! Portanto, não perca mais tempo. Utilize estas dicas e comece a criar emails e newsletters de sucesso.

Fale connosco para ajudarmos a criar uma estratégia de email marketing!

Contacte-nos para o 296 684 900 / 916 636 504 ou envie email para geral@acorespro.com.

Postado por: Cátia Soares